Pages

NA CONTRA MÃO

E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam as pessoas que não conhecem a Cristo, na vaidade da sua mente. Não tendo entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; Os quais havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza. Mas vós não aprendestes assim a Cristo. (Efésios 4:17-20).

Estar oposto ao mundo é andar na contramão da sociedade, e nos dias de hoje, andar na contramão é ser excluído. Não andar pelos nossos pensamentos, mas pelos pensamentos do Senhor, é se despojar do velho homem e permitir que Deus trabalhe o novo homem, “Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano”, (Efésios 4:22).
Pois o velho homem se corrompe, é enganado, mas nós, que somos novo homem, “Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus”, (Efésios 4:21). Quando passamos a ouvir Jesus, vimos alguns resultados em nossa vida:


- Deixamos a mentira, e falamos a verdade: “Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros”, (Efésios 4:25).

- Nós iramos e não pecamos e não deixamos o sol se por sobre a nossa ira: “Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira”, (Efésios 4:26).

- Não damos lugar ao diabo: “Não deis lugar ao diabo”, (Efésios 4:27).

- Não furtamos, não roubamos, mas trabalhamos honestamente: “Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade”, (Efésios 4:28).

- Não falamos palavras torpes, (palavrões), mas somente palavras que edificam: “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem”, (Efésios 4:29).

- E não entristecemos o Espírito de Deus, porque fomos selados nEle: “E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção”, (Efésios 4:30).


E ainda: “Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós, antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo” (Efésios 4:31-32).
Nós vivemos a cada dia procurando ser imitadores do Senhor Jesus e andando em amor, como Cristo amou e se entregou por nós, como oferta e sacrifício vivo a Deus. “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave”, (Efésios 5:1-2).
As coisas do mundo já não têm mais valor, o nosso interesse deve mudar, senão não podemos dizer que somos cristãos, e o amor de Deus não está em nós, como diz sua Palavra, “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo”, (I João 2:15 e 16).
Nos dias de hoje ser cristãos está “na moda”, muitas pessoas se convertem ao evangelho, porém não se convertem a Cristo, porque a Palavra nos diz: “E não sejam conformados com este mundo, mas sejam transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”, (Romanos 12:2).
Se não mudamos nossas vidas, jamais poderemos desfrutar o que o Senhor tem de melhor para nossas vidas, muitos não sabem ou não entendem porque muitos cristãos recebem bênçãos incontáveis enquanto na sua vida nada acontece, não recebem nenhuma benção, mas precisam analisar se estão vivendo o que o Senhor tem para sua vida, precisamos ser transformados, ter uma renovação na nossa mente e somente assim poderemos desfrutar a boa, perfeita e agradável vontade Deus.
Que Deus nos abençoe.

Este artigo é: