Pages

RUÍNAS DE ANTIGO TEMPLO SÃO DESCOBERTAS EM ISRAEL

Arqueólogos encontraram figuras religiosas com cerca de 3.000 anos. O Departamento de Antiguidades de Israel anunciou nesta quarta (2) que arqueólogos israelenses descobriram um antigo templo em Tel Motza. O local fica a alguns quilômetros de Jerusalém e as escavações arqueológicas foram realizadas antes das obras de uma nova estrada entre Jerusalém e Tel Aviv.
Os objetos provavelmente eram utilizados em práticas religiosas que envolviam idolatria, datando de mais de 3.000 anos. “Esse local de culto em Tel Motza é uma descoberta surpreendente e inesperada. Não havia praticamente nenhum vestígio de locais de culto do período do reino da Judeia”, explicaram os diretores das escavações em um comunicado oficial.
A descoberta é uma rara evidência das práticas religiosas feitas fora de Jerusalém durante a antiga monarquia do reino da Judeia, esclareceu Anna Eirikh, que co-dirigiu as escavações.
Os especialistas acreditam que os vestígios são do século 9 ou 10 a.C, época do Primeiro Templo em Jerusalém. Eles destacam que a prática dominante do judaísmo naquele período era no templo da capital, mas os judeus mantinham práticas idólatras religiosas paralelas.
“É interessante descobrir objetos religiosos e este templo numa área tão perto de Jerusalém”, acrescentou Eirikh, lembrando que há poucos registros sobre o assunto fora das Escrituras. Entre os objetos, descobertos perto de um altar, estão fragmentos de cerâmica, de cálices e figuras de animais.

Este artigo é: