Pages

ENCONTRADA COLEÇÃO RECORDE DE TEXTOS BÍBLICOS ANTIGOS


Encontrada coleção recorde de textos bíblicos antigos
Manuscritos judaicos possuem mais de 1000 anos de idade. Fragmentos de manuscritos hebraicos com mais de mil anos de idade foram encontrados em cavernas do Afeganistão. Eles foram comprados pela Biblioteca Nacional de Israel e possuem grande valor histórico. 

Mostram a presença da comunidade hebraica no norte da região do Afeganistão, perto da fronteira com Irã e Uzbequistão, ainda dominada pelo grupo Talibã. O diretor acadêmico da Biblioteca, professor Haggai Ben-Shammai, disse ao jornal Haaretz. “A área remota onde esses documentos foram encontrados foi um importante centro econômico, cultural e político na Idade Média”.
“Nós tivemos muitas fontes históricas de assentamentos judaicos naquela área”, ressaltou Ben-Samai. “Esta é a primeira vez que temos uma grande coleção de manuscritos que representa a cultura dos judeus que viviam ali. Até hoje não tínhamos nada sobre isso”.
São 29 rolos, os quais se acredita que façam parte de um grupo de várias centenas. Eles seriam de uma “genizah”, local de uma sinagoga onde são guardados documentos. O clima seco das cavernas possibilitou sua excelente conservação. Tratam-se de manuscritos de diversos tipos.
Alguns são de teor religioso, outros são contratos e correspondência jurídica e familiares. Estão escritos em hebraico, aramaico, árabe e persa. Parte deles usam um alfabeto com um sistema de vocalização bastante particular, chamado de “babilônico”, que foi muito comum entre os judeus de Bagdá.
Entre as descobertas, a mais importante é um comentário do Livro de Isaías, que seriam de autoria do famoso rabino egípcio Saadia Gaon, que viveu no século X, entre Egito e Bagdá. A biblioteca se recusou a dizer quanto pagou pela coleção, acrescentando que esperava para comprar mais no futuro e não quer aumentar os preços.
Para especialistas israelenses, essa pode ser a descoberta mais importante dos últimos 100 anos. A maior ainda é de 1896, quando foram descobertos mais de 100.000 manuscritos bíblicos antigos em uma sinagoga egípcia. Traduzido de RT.com.

Este artigo é: