Pages

PAULO DISSE: PEDIS E NÃO RECEBEREIS PORQUE PEDIS MAL

Paulo disse: Pedis e não Recebereis porque Pedis Mal
Estudo bíblico sobre o ato de pedirmos algum benefício ao Senhor Deus e notarmos que logo de imediato não recebemos o bem que pedimos. Ao acontecer isso, muitas vezes nos decepcionamos e ficamos tristes, a ponto de pensar que o Senhor Deus não ouviu nossa oração. Ou, ainda, que ouviu, mas não quis atender ao nosso pedido.

O versículo bíblico do livro Tiago diz:
“Pedis e não recebereis porque pedis mal, para o gastardes em vossos prazeres.”

O apóstolo Paulo nos ensina que devemos pedir a Deus apenas aquilo que servirá para nosso proveito. Aquilo que engrandecerá nosso trabalho. Ele nos ensina isso porque muitas vezes pedimos a Deus aquilo que é contra a vontade dele. A Bíblia diz que Deus sabe tudo o que brota em nosso coração. Ainda, que temos o desejo de adquirir um objeto e não sabermos se nos ajudará ou não. 

Deus sabe. Por isso mesmo Ele recusa a atender o pedido de imediato de uma pessoa. Do mesmo modo como um pai adia o presente que o filho dele tanto deseja. Suponhamos que um cuidadoso pai tenha um filho adolescente que gosta de velocidade. Esse filho querido pede ao pai uma moto. O pai diz que vai dar, mas só quando ele estiver consciente do que faz.

O filho garante que já está consciente. Porém, o pai sabe que ele não está. Desse modo, ainda que o rapaz fique triste, o pai adiará o presente. Devemos crer que esse pai fique triste também. Porque tem dinheiro para comprar a moto para o filho. Exato o modelo sofisticado que o filho deseja tanto receber. Contudo, ele diz a si próprio: “Não devo dar a moto ao meu filho. Pelo menos, agora.”

Porém, bem lá dentro do seu consciente ele escuta uma voz que lhe diz: “Você não deve dar a moto que seu filho tanto pede. Adie essa decisão o mais que puder.” É o que ele faz, a contragosto do filho, que lhe pede insistentemente. O pai adia essa decisão. O filho lhe pede. O pai responde sempre o que o filho já sabe: “Você ainda não tem maturidade. Quando tiver, eu lhe darei a moto que tanto quer.” O jovem deve reclamar o tempo todo: “Ah, pai, eu tenho maturidade, sim. O senhor sabe disso”. Contudo, o pai continua adiando o presente.

Por meio de estudos bíblicos, aprendemos na Bíblia que Deus age da mesma maneira como um pai cuidadoso. A diferença é que não ouvimos a voz de Deus. No entanto, sentimos bem lá dentro de nosso ser a palavra de Deus que nos diz: “O que você pede, não vou te dar, agora”. Deus certamente lhe dará o que você pede, mais tarde. Você nem perceberá quando receber o que pede, devido à alegria e emoção do momento. Isso explica o motivo de muitas pessoas esquecerem de agradecer a Deus pela graça recebida.

Este artigo é: