Pages

O SHOPHAR E A VOZ DO DEUS ETERNO

O Avivamento e a Voz de Deus um instrumento que tem sido ressuscitado no meio do povo de Deus, nestes dias é o "SHOPHAR", um chifre de carneiro, que tem sido quase que um símbolo do presente mover do Espírito Santo.


Creio que a compreensão do sentido escriturário e espiritual do "SHOPHAR" vai conduzir a Igreja a usá-lo com discernimento e sabedoria. O pastor Osmar Luiz, de Goiânia, escreveu sobre o "Shophar", assim: "O termo shophar é traduzido em nossas versões bíblicas como buzina ou trombeta, mas com certeza o significado é mais profundo. Analisaremos esta palavra em alguns contextos básicos.

O Shophar é a Voz de YHWH

A palavra ocorre pela primeira vez em Êxodo 19:16: "Ao terceiro dia, ao amanhecer, houve trovões, relâmpagos, e uma nuvem espessa sobre o monte; e ouviu-se um sonido de buzina mui forte, de maneira que todo o povo que estava no arraial se estremeceu".

A palavra sonido em hebraico é qol, que significa voz. A palavra buzina ou trombeta é shophar. Está escrito em Êxodo 19:19: "E crescendo o sonido (qol) da buzina (shophar) cada vez mais, Moisés falava, e Deus lhe respondia por uma voz (qol)". Em Êxodo 20:18 está escrito: "Ora, todo o povo presenciava os trovões, e os relâmpagos, e o sonido da buzina e o monte a fumegar, e o povo vendo isto, estremeceu e pôs-se de longe". Isto mostra que o shophar "fala" ou ele representa a "voz" de alguém. 

Logicamente o shophar é a voz de YHWH. O shophar é tocado e a voz de YHWH é ouvida. Nesta atmosfera extraordinária há manifestações especiais, Moisés recebe os mandamentos, as diversas leis hebraicas e a planta do Tabernáculo. Neste contexto o shophar trouxe à existência a Palavra de Deus, ele é a voz de YHWH.

Apocalipse 1:10-11: "Eu fui arrebatado em espírito no dia do Senhor, e eu vi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta, que dizia: o que vês, escreve-o num livro, e envia-os às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, a Esmirna, a Pérgamo, a Tiatira, a Sardes, a Filadélfia e a Laodicéia". Apocalipse 4:1: "Depois destas coisas olhei, e vi que estava numa porta aberta no céu, e a primeira voz que ouvi, como que som de trombeta falando comigo, disse: sobe para aqui e te mostrei as coisas que depois destas devem acontecer". 


O termo shophar surge também no final da Bíblia como a voz de Deus dando os comandos à igreja e revelando o futuro da igreja, da humanidade, dos seres espirituais, a história final. O apóstolo João recebe a ordem de registrar tudo. Ele não tem dúvida de que aquela voz, o shophar, era a voz de Deus, conclamando e conduzindo a sua vida e a igreja de Yeshua Hamashiah.

O Shophar Anuncia o Ano do Jubileu

Em Levítico 25:9-10, o toque do shophar anuncia o ano do jubileu. Ele traz à existência um ano todo de remissão, perdão, restituição e restauração social, familiar e humana (pessoal). Inicia-se no dia da expiação, Yom Kippur, quando o povo judeu começa a orar, a reconciliar, a pedir perdão e a liberar perdão. Neste processo de arrependimento, de quebrantamento e contrição, de perdão sem restrições, de liberação no reino físico e espiritual, e que soa o shophar, trazendo vida nova e uma geração nova.

O Shophar Rompe com as Fortalezas

É inacreditável que o tocar simples de uma trombeta ou buzinas, ocasione algo tremendo no mundo físico. Isto aconteceu com Josué, em Jericó. Havia ali uma fortaleza intransponível, inconquistável e invencível. Deus envia Seu povo e dá uma ordem: "Sete sacerdotes levarão sete trombetas de chifre de carneiros adiante da arca; e no sétimo dia rodeareis a cidade sete vezes e os sacerdotes tocarão as trombetas" (Josué 6:4). Josué obedeceu às estratégias e logísticas divina. 

Organizou os sacerdotes, o exército e o povo marcharam para vencer (Js 6:6,9,13). Cumpridas as exigências a fortaleza de Jericó ruiu em frente ao povo. Incrível, mas o efeito do toque do shophar e a obediência resultaram na conquista da cidade. Voz do shophar e a voz do povo levaram à conquista: "Gritou, pois o povo, e os sacerdotes tocaram as trombetas; ouvindo o povo o sonido da trombeta, deu um grande brado, e o muro caiu rente ao chão, e o povo subiu à cidade, cada qual para o lugar que lhe ficava defronte, e tomaram a cidade" (Js 6:20).

O Shophar e a Guerra

Em Juízes 3:27, o juiz Eúde convoca os filhos de Israel para a guerra ouvindo o toque do shophar. O toque do shophar nas montanhas de Efraim convocou os valentes para sacudir o jugo moabita que oprimia o povo de Deus. Foi a retomada da terra que estava usurpada pelo inimigo. É interessante também observar o acontecido com Gideão: "Mas o Espírito do Senhor apoderou-se de Gideão; e tocando ele a trombeta, os abiezritas se ajuntaram após ele" (Jz 6:34).

Gideão, tomado pelo Espírito, toca a trombeta e convoca o povo para a vitória sobre os invasores midianitas. Os trezentos escolhidos por Gideão dos que se apresentaram para a guerra, possuíam o seu próprio shophar e com ele proclamavam, convocavam, profetizavam e anunciavam os feitos do Senhor, eram a boca de 
YHWH. A logística usada por Gideão, três grupos de cem homens e a estratégia foi tocar as trombetas. Que tremendo! "Quando eu tocar a trombeta, eu e todos os que comigo estiverem, tocai também vós, as trombetas ao redor de todo o arraial, e dizei: pelo Senhor e por Gideão!" (Jz 7:18).

Trezentos homens armados de shophares venceram os inimigos (Jz 7:19-22). Essa voz de 
YHWH é poderosa e majestosa (Sl 29:3-9). Essa voz chama-nos para a conquista de cidades fortificadas (Jz 4:5). Ouça a voz que chama para a batalha e mexe com o nosso interior como fez com o profeta Jeremias: "Ah, entranhas minhas, entranhas minhas! Eu me torço em dores! Paredes do meu coração! O meu coração se aflige em mim. Não posso calar, porque tu, ó minha alma, ouviste o som da trombeta e o alarido da guerra". "Até quando verei o estandarte (bandeira tremulando) e ouvirei a voz da trombeta" (Jr 4:19,21).

Jeremias sente mover suas entranhas, sente dores, dores de parto, de guerrear, de vencer, como as de Paulo (Gl 4:19). Paredes do coração, o profeta sente taquicardia, o bater descompassado da aflição. O profeta diz: Não posso calar, tenho que falar. Ele ouve a convocação da trombeta, a voz de YHWH, e já vê as bandeiras do seu povo tremulando e o chamado para a guerra, guerra do Senhor. Somos conquistadores, estamos em guerra, ouça o shophar, YHWH Tsabaoth, o Senhor dos Exércitos que está conosco nos chama para a batalha (Sl 46:7,11).

O Shophar e o Juízo

Oséias 8:1 - "Põe a trombeta à tua boca. Ele vem como águia contra a casa do Senhor; porque eles transgrediram o meu pacto, e se rebelaram contra a minha lei".

Isaías 58:1 - "Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao meu povo a sua transgressão, e à casa de Jacó os seus pecados".

Aqui a voz é comparada ao shophar para anunciar o juízo e o pecado do povo de Deus. O profeta Jeremias também alerta o povo acerca do juízo: "Fugi para segurança vossa, filhos de Benjamim, do meio de Jerusalém! Tocai a buzina em Tecoa...". "Também pus atalaias sobre vós, dizendo: estais atentos à voz da buzina. Mas disseram: não escutaremos" (Jr 6:1; 17).

Ás vezes o povo pensa e age de modo errado. Volta à antiga vida, à lama do passado, ao antigo senhorio (satanás), rejeita o que Deus dá como herança. "Mas se vós disserdes: não habitaremos nesta terra; não obedecendo à voz do Senhor vosso Deus, e dizendo: não, antes iremos para a terra do Egito, onde não veremos a guerra, nem ouviremos o som de trombetas, nem teremos fome de pão e ali habitaremos" (Jr 42:13-14). 


O povo demonstra cansaço, fadiga, desânimo, desistência e frustração. O povo abre mão de Deus, o Senhor. Achavam que o Egito era melhor e mais seguro. - Esqueciam-se que o Egito é o lugar de escravidão, trabalho árduo, de opressão, dor, angústia e morte. Não queriam ouvir a trombeta, a voz de Deus. A maldição os alcançou. 

O Shophar e o dia do Senhor

Joel 2:1 - "Tocai a trombeta em Sião e dai o alarme no meu santo monte, tremam todos os moradores da terra, porque vem vindo o dia do Senhor; já está perto". O shophar anuncia o dia do Senhor. Deus disse que o shophar será tocado no santo monte, é um alarme, tenham atenção. Amós 3:6 - "Tocar-se-á a trombeta na cidade, e povo não estremecerá? Sucederá qualquer mal à cidade, sem que o Senhor o tenha feito?"

Este é o toque que anuncia o juízo final. O dia do Senhor será terrível para o homem e vem acompanhado de sinais terríveis. Dia de pasmo, de angústia, de dor, de sangue, etc. Sofonias 1:16-17 diz: "Dia de trombeta e alarido contra as cidades fortificadas e contra as torres altas (World Trade Center, mera coincidência?). 

E angustiarei os homens, e eles andarão como cegos, porque pecaram contra o Senhor; e o seu sangue se derramará como pó e a sua carne como esterco". O próprio Deus fará soar sua voz como shophar: “O SENHOR será visto sobre os filhos de Sião, e as suas flechas sairão como o relâmpago; o SENHOR Deus fará soar a trombeta e irá com os redemoinhos do Sul (Zc 9:14). Em Apocalipse, a partir do capítulo 8:6, vemos a extensão total do juízo de Deus à medida que os anjos tocam os shophares e a conseqüência do grande e terrível dia do Senhor.

O Shophar e a Vinda de Cristo

Para o Apóstolo Paulo, várias são as trombetas que soarão convocando os crentes para as mais diversas tarefas. Ao soar da última trombeta acontecerá a ressurreição dos mortos e o arrebatamento da igreja que encontrar-se-ão com Cristo: "Eis que vos digo um mistério: na verdade nem todos dormiremos, mas seremos todos transformados, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados" (I Co 15:51-52).

"Dizemo-nos, pois, isto pela palavra do Senhor, que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos aos que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com um alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro, depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar com o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor" (I Ts 4:15-17). Aleluia!!! 

O Shophar e Outras Relações

- Regula as viagens dos filhos de Israel (Nm 10:10 e Sl 81:13).
- Convoca assembléias (Nm 10:2,3,7).
- Acompanha os sacrifícios em dias festivos, cerimoniais e procissões religiosas (Nm 10:10; I Cr 13:8; 15:24,28; II Cr. 5:13; 15:14).
- Reunir o povo para guerra (Jz 3:27).
- Proclamam reis (II Rs 9:13; 11:14).
- Usados nos cultos (II Cr 5:12-13; 7:6). 
- Dar alarma em casos de perigo (Ez 33:2-6).
- Chamar o povo ao arrependimento e ao Jejum (Jl 2:15).
- Usadas na adoração no templo, quando tocadas, os sacerdotes não conseguiram ficar em pé e caíram com o poder e a gloria de Deus (II Cr 5:13,14 versão revisada).
- A Festa das trombetas era celebrada pelo toque delas (Lv 23:24), este era um momento de grande alegria entre o povo de Deus, principalmente para nós hoje, pois este dia era o dia de Pentecostes, o dia do derramamento do Espírito Santo sobre os discípulos (At 2).

Milagres Ligados ao Toque do Shophar

- Js. 6:20 – A queda das muralhas de Jericó.
- Ex. 19:16 20:18 – Ouvidas no monte Sinai quando Moisés recebia as tábuas da Lei.
- Jz. 7:16 a 22 – Produziu confusão no acampamento dos inimigos, e eles começaram a ferir uns aos outros, de maneira que os trezentos homens de Gideão venceram a batalha.

Seu Sonido Ilustra

Não somente ilustra a voz do eterno Deus, como no monte Sinai com Moisés Ex. 19:16. Mas também ilustra o poder de Deus em ressuscitar aos mortos I Ts. 4:16. Também a pregação ousada dos ministros de Deus, chamando o povo ao arrependimento e entrega de vida ao Senhor (Is 58:1 Os 8:1 e Jl 2:1). E também os julgamentos do último dia (Ap 8:2-13).

O Som do Shophar, a Prece Sem Palavras

O shophar está sendo tocado para levar o povo ao arrependimento, à adoração, como ato profético nas marchas de conquista, e na celebração ao nosso Senhor. Do ponto mais profundo de seu íntimo, os homens liberam um choro primitivo e o shophar é o instrumento que o expressa. E a mensagem é sempre a mesma: "Pai: Estamos com saudades, queremos voltar para casa".

O shophar é feito de um chifre de animal, geralmente de carneiro, e tocado como uma trombeta. Pode ser feito de qualquer chifre de animal Kasher, exceto a vaca. São usados também chifres de antílope. O shophar não possui bocal e exige muito treino para ser tocado. As festas judaicas eram anunciadas ao som do shophar, como por exemplo, a Festa do Grande Perdão (Yom Kipur).

Resumindo

Deus mandou seu povo fazer uma trombeta, chamada Shophar e colocou este Shophar nas mãos dos sacerdotes, que ficavam a porta do tabernáculo e do templo, para chamar o povo de Deus a se reunir e a se quebrantar na presença do Senhor para confessar o seu pecado e a celebrar pelas festas o Senhor no meio deles e também se arregimentar para a guerra e convocar o exercito do Senhor sobre a nação de Israel. E nestes dias, Deus esta chamando seu exercito de adoradores, para adora-lo em espírito e em verdade, para a conquista final.

Tenham ouvidos atentos ao som do shophar de 
YHWH, pois ele tem uma mensagem para você. O seu som é inteligível: ouça, entenda e responda positivamente ao Senhor, Ele o convoca (I Co 14:8). Ao ler este ensino deixe seu coração aberto para que o Senhor esteja sempre sensível ao toque da "trombeta" para as convocações e desafios em sua vida.

Este artigo é: