Pages

RESUMO DAS NOTICIAS DA SEMANA

Resumo das Noticias da Semana (30/06)

Para facilitar o acesso a informações não totalmente manipulas da mídia comum estou abrindo está seção no Killuminati onde encontrará as noticias importantes que ocorreram na semana que estará descrito logo no titulo, isto facilitará para que você leitor fique por dentro de tudo que está ocorrendo e que ainda não teve oportunidade de ver ou para refletir melhor sobre as noticias segue então uma lista de todas as noticias da semana 30/06.

Coca-Cola Brasileira tem Taxa Maior de Corante Cancerígeno, diz Estudo

Resumo das Noticias da Semana (30/06)

Um estudo divulgado nos Estados Unidos pelo Centro de Ciência de Interesse Público (CSPI, na sigla em inglês), nesta terça-feira (26), mostra que as latas do refrigerante Coca-Cola vendidas no Brasil têm a mais alta concentração da substância 4-metil imidazol (4-MI), que, em altas quantidades, poderia levar ao câncer.

As latinhas analisadas no país apresentaram 267 mcg (microgramas) de 4-MI por 355 ml de refrigerante. A substância é usada na fabricação do corante caramelo. Pelas normas brasileiras, estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), seu uso é permitido, "desde que o teor de 4-metil imidazol não exceda no mesmo a 200 mg/kg".

(Correção: ao ser publicada, esta reportagem apresentou a medida mg, miligrama, em vez de mcg, micrograma, ao se referir às quantias da substância avaliada no estudo. Após alerta de leitores, o erro foi corrigido às 20h59.) O valor encontrado nas latinhas brasileiras está abaixo do limite da Anvisa, mas é o mais alto entre os países analisados. O Quênia fica em segundo lugar, com 177 mcg de 4-MI por 355 ml, seguido por Canadá (160 mcg), Emirados Árabes Unidos (155 mcg), México (147 mcg), Reino Unido (145 mcg), Estados Unidos (Washington - 144 mcg), Japão (72 mcg) e China (56 mcg).

A pesquisa foi feita pelo mesmo instituto de pesquisas que, em março fez o mesmo alerta para a substância em latinhas de refrigerante encontradas na Califórnia. Depois disso, a Coca-cola alterou sua fórmula e a taxa de 4-Mi local caiu para 4 mcg por 355 mlDe acordo com a Coca-Cola, a quantidade da substância 4-MI presente no corante caramelo utilizado dos produtos é "absolutamente segura". A empresa afirma que "os índices do ingrediente apontados em amostra brasileira de Coca-Cola pela recente pesquisa do CSPI (Center for Science in the Public Interest) estão dentro dos padrões aprovados pela Anvisa".

A companhia informou que não vai alterar sua fórmula mundialmente conhecida. "Mudanças no processo de fabricação de qualquer um dos ingredientes, como o corante caramelo, não tem potencial para modificar a cor ou o sabor da bebida. Ao longo dos anos já implementamos outras mudanças no processo de fabricação de ingredientes, no entanto, sem alterar nossa fórmula secreta", informou a empresa, via nota. Ainda segundo a Coca-Cola Brasil, seus produtos são fabricados dentro das normas de segurança e a empresa continuará a seguir orientações de "evidências científicas sólidas".

Toxicologista explica efeito

Em março, o toxicologista Anthony Wong, diretor do Centro de Assistência Toxicológica do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (Ceatox), explicou ao G1 que a substância se mostrou tóxica para ratos e camundongos na concentração de 360 mg/kg, que é pouco menos que o dobro do limite legal no Brasil.

O especialista explicou que o órgão mais exposto ao câncer nesses animais foi o pulmão. O fígado também ficou sujeito a diversas alterações, incluindo câncer. Além disso, foram registradas mudanças neurológicas, como convulsões e excitabilidade.

  • Fonte: G1 
Gays Interrompem Audiência no Congresso Nacional

Resumo das Noticias da Semana (30/06)
Psicóloga Marisa Lobo defendendo os direitos os pacientes

Ativistas homossexuais interromperam uma audiência na quinta-feira na Câmara dos Deputados do Brasil sobre o projeto de lei que permite que psicólogos tratem homossexuais que desejam mudar sua orientação, uma atividade que atualmente é proibida pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP).

O projeto de lei, conhecido como Decreto Legislativo 234/11 e ridicularizado pela mídia esquerdista brasileira como projeto de “cura gay”, também derrubaria o regulamento do CFP que proíbe os psicólogos de falar publicamente da orientação homossexual de um jeito negativo.Os manifestantes homossexuais começaram a interromper a audiência quando a psicóloga Marisa Lobo falou defendendo os direitos dos homossexuais receberem tratamento para seu problema, chamando-a de “homofóbica”, “fundamentalista” e “barraqueira”.

“Todo mundo que discorda de vocês, vocês dizem que é ‘homofóbico’”, respondeu Marisa, de acordo com o jornal Correio de Bahia.

Marisa comentou que a resolução do CFP que proíbe a terapia reparativa para homossexuais “fere a autonomia do paciente, pois proíbe o atendimento no caso de ele ser homossexual”, e que como psicóloga, ela precisa “dar ouvidos a esse sofrimento psíquico” quando os homossexuais desejam mudar sua orientação.

Os homossexuais na audiência continuaram a interrompê-la, e no final foram expulsos da Câmara dos Deputados quando começaram a ler alto uma declaração do CFP repudiando a audiência. Entretanto, apoiadores cristãos do projeto de lei permaneceram aclamando o autor do projeto de lei, o deputado federal João Campos, presidente da bancada evangélica no Congresso Nacional. Marisa foi também atacada pelo deputado Jean Wyllys, líder da Frente Parlamentar Mista de Cidadãos LGBT que disse que se sentiu “incomodado” com as declarações de Marisa, de acordo com o jornal Diário do Grande ABC.

“Não ofendi o deputado”, respondeu Marisa. “Ele é que tentou me diminuir, tentando afirmar que minhas posições não podem ser consideradas apenas porque sou religiosa”.

O próprio CFP não quis participar da audiência, afirmando que a questão está resolvida cientificamente e que a lista dos convidados para participar estava desfavorável ao CFP. O CFP tem historicamente adotado posições ideologicamente favoráveis à homossexualidade, declarando em 1999 que “a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”, afirmando que aqueles que discordam são culpados de “preconceito”.

A decisão do CFP de boicotar a audiência ocorreu depois de uma carta para o CFP escrita por Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transexuais, “sugerindo” que “o Conselho Federal de Psicologia não se faça presente na referida Audiência Pública, por entendermos que a mesma é uma afronta à ciência, à dignidade humana, aos direitos humanos, à laicidade do Estado e à autonomia do Conselho Federal de Psicologia”.

A carta, uma cópia da qual LifeSiteNews obteve, também pede que o CFP “se pronuncie oficialmente de forma enfática e contundente contra essa audiência e contra essa iniciativa, por violar frontalmente os direitos humanos”.

O Conselho Federal de Psicologia do Brasil, diferente de outras associações de psicologia, tais como a Associação Americana de Psicologia (AAP), tem o poder de privar um terapeuta de seu direito de exercer sua profissão se seus regulamentos forem violados.O CFP usou seus poderes para censurar a psicóloga Rozangela Justino em 2009 por conduzir terapia reparativa para clientes homossexuais que a desejavam, e ordenou que sua divisão no Rio de Janeiro impusesse o regulamento que proíbe o tratamento.

Estudos recentes indicam que alguns homossexuais podem aprender a resistir aos seus impulsos homossexuais e até mesmo desenvolver atração pelo sexo oposto por meio de terapia. A Associação Americana de Psicologia afirma que a evidência existente não é suficiente para determinar a eficácia de tal terapia, embora admita que entre aqueles que a receberam “alguns indivíduos modificaram sua identidade de orientação sexual (por exemplo, participação e afiliação de grupo), conduta e valores (Nicolosi, Byrd, & Potts, 2000).”

A Organização Mundial de Saúde continua a reconhecer a categoria de “homossexualidade egodistônica” para aqueles que sofrem de atração indesejada pelo mesmo sexo, e também reconhece o uso de terapia em tais casos. A OMS também reconhece “desordem de relacionamento sexual”, em que a orientação sexual interfere com os relacionamentos existentes. O travestismo e o transexualismo também são reconhecidos como desordens mentais pela OMS.
  • Fonte: JulioSevero

Xuxa está Perdendo luta contra seu passado pornográfico

Resumo das Noticias da Semana (30/06)
Xuxa em cena de sexo com menino de 12 anos no filme pedofílico “Amor Estranho Amor”


Em outubro de 2010 a apresentadora Xuxa Meneghel entrou com processo contra o Google exigindo que o site de busca não mostrasse nenhum link de sites que a relacionassem com as palavras “pornografia” e “pedofilia”.Mas o Superior Tribunal de Justiça deu vitória ao Google por entender que “os sites de busca não podem ser obrigados a limitar resultados, já que são apenas o meio de acesso ao conteúdo e não os responsáveis pela publicação”.

“Imagens e vídeos em que ela apareça nua ou encenando atos sexuais não poderão ser retirados dos resultados da pesquisa”, diz a Folha de S. Paulo. Esse acervo pornográfico de Xuxa, hoje amplamente acessível pela internet, tem sido uma pedra nas ambições da apresentadora, que quer uma imagem internacional de ídolo das crianças.Há, obviamente, uma incompatibilidade e incoerência enorme entre ídolo pornográfico e ídolo infantil. Nem Xuxa consegue conciliar esses dois papéis. Por isso, hoje, ela luta para esconder seu passado, especialmente seu filme de pedofilia.

Quando se busca no Google, por exemplo, “Xuxa” e “pedofilia”, essas palavras levam ao filme “Amor Estranho Amor”, filmado em 1979, em que a apresentadora aparece tendo relações sexuais com um menino de 12 anos. 

 Quanto mais Xuxa luta para tentar apagar o filme pró-pedofilia, mais versões piratas se espalham pela internet.No final de sua carreira, Xuxa vê sua fama ganhando força graças a um passado de erotismo, pornografia e pedofilia.E ela está perdendo sua luta contra seu passado, que está fazendo mais sucesso do que nunca.

Em contraste, sua campanha “Não Bata, Eduque” não tem enfrentado igual resistência. Desde o governo Lula, de quem ela recebeu apoio, até a Rede Globo, que também apoia sua campanha, Xuxa tem sido a principal voz na luta governamental e midiática para criminalizar o direito dos pais disciplinarem fisicamente seus filhos.

Xuxa fazendo propaganda de seu filme de pedofilia

A mulher com passado imoral se julga com moral para impor sobre pais e mães suas convicções pessoais como se fossem melhores do que os valores que ela, o governo petista e a Globo têm. Para eles, não é só “Não Bata, Eduque”, mas também “Não Ame as Crianças, Aborte-as” ou “Não Proteja as Crianças, Eduque-as no Homossexualismo”. Esse é o amor que eles têm pelas crianças.

Varada, cintada ou palmada poderia resolver esses excessos imorais na infância dos que hoje dominam o Brasil através do governo e da mídia. Com esse recurso moral, eles poderiam ter se tornado muito melhores do que são hoje para o Brasil e suas crianças. 

Uma infância com disciplina e limites poderia ter dado para Xuxa a integridade moral de evitar um passado sujo do qual ela não se envergonha, do qual ela nunca pediu perdão para as crianças do Brasil, mas faz tudo para apagar a fim de não prejudicar sua carreira. Eu gostaria que todos os sites que têm fotos de nudez e pedofilia da Xuxa fossem fechados. Mas minha motivação é diferente. Não é proteger a carreira dela. É proteger as crianças, e do monstro que a pornografia alimenta em abusadores de mulheres, de esposas e de crianças.

Pornografia, seja da Xuxa ou não, é sujeira. Portanto, o que a Xuxa deveria fazer é abandonar sua campanha contra palmadas e lançar uma campanha contra a sujeira da pornografia, mostrando seus malefícios para todos, inclusive para moças oportunistas que posam nuas em troca de dinheiro e fama suja.Assim, o público veria que a luta dela contra a pornografia não é para proteger sua carreira e fama, mas para proteger crianças e adolescentes do próprio passado podre que rendeu muito dinheiro a ela.
  • Fonte: Idem
Jean Wyllys diz que Cristãos apoiariam Irã se “Massacrasse apenas os Homossexuais”

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) usou o Twitter para criticar o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad e os cristãos brasileiros.

Em sua publicação, o ativista gay afirmou que “fundamentalistas cristãos brasileiros só estão protestando contra Ahmadinejad porque este também não tolera outras religiões no Irã! Mas, aqui no Brasil, os fundamentalistas cristãos também não toleram os adeptos do Candomblé e da Umbanda, logo, se parecem com Ahmadinejad! Se Ahmadinejad massacrasse apenas os homossexuais, os fundamentalistas cristãos no Brasil certamente estariam apoiando o teocrata iraniano”.  

O presidente do Irã, conhecido por suas posturas polêmicas e defesa do islamismo, afirmou em 2011, durante discurso na ONU, que em seu país não existiam gays. A imprensa internacional já relatou casos de enforcamentos de pessoas acusadas da prática homossexual pelo governo do Irã.

Segundo Paulo Teixeria, colunista do Gospel+ e do Holofote.Net, Jean Wyllys perdeu uma grande chance de usar a tribuna da Câmara dos Deputados para expressar repúdio à brutal morte de homossexuais no Irã. Além disto, o ex-BBB deveria ter conclamado seus seguidores e admiradores, de todo o Brasil, a organizarem eventos no Rio e em outros estados, pedindo ao governo do Irã o fim das mortes dos gays”. Teixeira afirmou ainda que o deputado “preferiu a omissão, a covardia e o egoísmo, típico dos movimentos gays que só pensam em suas causas”.



Teixeira critica ainda a postura de Jean Wyllys em relação aos cristãos como um todo: “O deputado tem como prática, rotular, com viés pejorativo, os cristãos de ‘fundamentalistas’. No entendimento dele, qualquer cristão que se respalda na Bíblia para afirmar que a prática do homossexualismo é pecado, é um fundamentalista, um ‘homofóbico’, afirmou.
  • Fonte: PortalPadom
Local onde Jesus Nasceu agora é Patrimônio Mundial da Unesco


A Basílica da Natividade de Belém, situada na Cisjordânia, foi construída no século 4 sobre uma gruta onde a tradição aponta como o local onde Jesus nasceu. A Autoridade Palestina, que governa essa região de Israel, alega estar sem recursos para fazer todos os reparos necessários, que custariam mais de 5 milhões de dólares.

A estratégia dos palestinos foi pedir que a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) reconhecesse a igreja como patrimônio histórico da humanidade. Isso acabou se concretizando nesta sexta-feira, após uma eleição realizada em São Petersburgo, Rússia.O pedido incluía um trecho da rota de peregrinação, que, segundo a tradição, José e Maria fizeram até a cidade em de Nazaré, há cerca de 2.000 anos.

O reconhecimento do “Caminho das Peregrinações” foi feito em maio a um exame de 36 sítios feito pelo Comitê de Patrimônio Mundial da ONU. Foram 13 votos a favor, seis contra e duas abstenções.Em uma carta lida na reunião da Unesco, grupos políticos e religiosos palestinos, reclamaram do que eles descrevem como “os perigos da ocupação israelense”, lembrando o cerco da Igreja da Natividade por tropas de Israel em 2002.

Embora o templo seja administrado pela Igreja Ortodoxa Grega, a Igreja Apostólica Armênia e o Patriarcado católico de Jerusalém, os muçulmanos que lideram a Autoridade Palestina comemoraram a decisão, dizendo que “este reconhecimento global dos direitos do povo palestino constitui uma vitória para nossa causa e para a justiça”.

Mesmo sob os protestos de Israel, a vitória é mais significativa do ponto de vista político do que o histórico. Em 31 de outubro de 2011, os palestinos conseguiram uma conquista histórica, ao serem considerados o país de número 195 da Unesco, em uma votação que só registrou 14 votos contra. Na prática, foi o primeiro passo para reconhecimento pela ONU do Estado Palestino.

Na época, Estados Unidos e Israel criticaram esta decisão e desde então cortaram seu financiamento anual de 80 milhões de dólares para Unesco.Yigal Palmor, porta-voz do Ministério de Relações Estrangeiras de Israel, protestou: “O verdadeiro propósito deles não é realmente o apoio da Unesco, mas buscam confrontar Israel novamente. Não temos nenhuma objeção quanto à inclusão da Igreja da Natividade, mas os palestinos estão à procura de um conflito a qualquer custo”.

O vice-prefeito de Belém, George Saade, rebateu, considerando importante que “os turistas percorram este circuito e visitem Belém como uma cidade palestina”, e ressaltou “Estamos vivendo sob a ocupação. Belém é cercada por um muro. Economicamente, não podemos trabalhar livremente. Precisamos de ajuda da Unesco”.Ele espera que o reconhecimento atraia mais turistas para o local. A violência na região diminuiu drasticamente nos últimos anos e mais de 2 milhões de pessoas visitam a igreja anualmente.
  • Fonte: Idem
Muçulmano Decapita a Própria Filha e Exibe a Cabeça pelas ruas da Aldeia



Um muçulmano do noroeste da Índia permaneceu impenitente depois de ter decapitado a sua filha com uma espada cerimonial numa acesso de raiva devido ao seu relacionamento com um homem. O maometano entregou-se à polícia na delegacia, levando consigo a cabeça numa mão e a espada ensanguentada na outra.

Os residentes da vila Dungarji expressaram choque à medida que levavam a cabo os rituais fúnebres para a mulher de 20 anos. A polícia afirmou que o pai, mineiro de mármore com o nome de Oghad Singh, acusou a sua filha de trazer desonra à família e dificultar o processo de casamento para as suas duas irmãs solteiras.

Os residentes da aldeia não só classificaram o gesto do pai de "extremo", como disseram que o pai, com a camisa ensanguentada, havia exibido a cabeça da filha aos vizinhos ao mesmo tempo que descrevia o que havia feito. Narayan Singh, familiar distante, disse:Ele disse-me que tirou a espada para fora, e que quando a filha se encontrava sozinha em casa, ele decapitou-a com apenas um golpe, causando a que a cabeça caísse no chão.

O policial Ranjit Singh, que estava presente quando o pai da assassinada se encontrava sentado na delegacia, com a espada numa mão e a cabeça na outra, disse: Foi um momento sinistro.

Oghad admitiu imediatamente ter morto a filha devido ao facto desta ter adquirido um mau nome para a família.
  • Fonte: Idem
Mulher Evangélica é Alvejada por Tiro e é Salva pela Bíblia


No Rio de Janeiro, uma mulher foi alvejada por uma bala perdida, porém, foi salva por sua Bíblia que estava no baú da motocicleta de seu marido. Danúbiah Mendes e seu esposo, Marcos Souza, estavam a caminho da igreja quando ouviram três tiros, por volta de 19h40, na Via Dutra. “Eu estava ultrapassando três carros. Quando ouvi o barulho, acelerei mais.”, relatou o Marcos.

O casal só veio descobrir o que aconteceu após o término do culto, quando perceberam que algumas páginas da Bíblia estavam rasgadas e que havia uma bala alojada dentro do livro. O projétil perfurou o baú que fica na parte traseira da moto e foi contido pela Bíblia, por pouco não atingindo Danúbiah. “Sempre acreditei na salvação em muitos aspectos, mas dessa vez foi uma coisa visual. Vi a bala ali dentro, lembrei dos tiros e chorei”, contou Danúbiah.

O esposo, emocionado, também falou, “A Bíblia salva de muitas maneiras. Dessa vez, foi físico. Algumas folhas de papel salvaram a vida da minha esposa”. Eles ainda relataram que raramente carregam a Bíblia no baú da moto.
  • Fonte: Gospel+
Ativista Homossexual Larry Brinkin Apanhado na Posse de Pornografia Infantil


Ativista pelos "direitos" da sodomia dos homossexuais Larry Brinkin, famoso por ser a primeira pessoas a usar a frase "parceiro doméstico", foi preso recentemente em São Francisco alegadamente por possuir pornografia infantil.

Previsivelmente, as organizações que lutam pelos "direitos" da sodomia dos homossexuais colocaram-se do seu lado e questionaram a legitimidade das acusações. Theresa Sparks, directora executiva da Comissão dos Direitos Humanos (CDH), disse: Isto é quase inacreditável. Não há forma nenhuma de eu acreditar nisto. 

Ele sempre foi um dos meus heróis, para além de ser um epítome do ativismo dos direitos humanos. Este é o homem que cunhou a frase que nós usamos no nosso dia a dia. Apoio o Larry a 100%; se tudo correr bem, a investigação irá expor tudo.

Ficamos a saber portanto que, segundo a Theresa Sparks, pessoas que cunham frases e que lutam pelos "direitos humanos" são incapazes de se envolver em situações que envolvam a posse de pornografia infantil. Note-se também o tradicional solipsismo feminino na frase "Não há forma nenhuma de eu acreditar nisto". Alguém deveria dizer à Theresa que o que ela pessoalmente acredita ou deixa de acreditar é irrelevante.

Brinkin, que trabalhou em São Francisco na CDH até 2010 e é melhor conhecido por defender os interesses dos sodomitas e das lésbicas, foi libertado sob fiança no Sábado, depois de passar 6ª-Feira a noite na prisão.Dois portáteis, um computador de mesa, uma diskette e várias flashdisks pertencentes à casa de Brinkin forma apreendidas. Na 2ª-Feira, Stephanie Ong Stillman,, promotora, afirmou que "ainda estamos a rever o caso."

As acusações contra Brinkin, de 66 anos, incluem posse de imagens pornográficas que aparentemente exibem crianças com idades compreendidas entre 1 e 3 anos envolvidas em actos sexuais com homens adultos. As evidências para este material foram encontradas na conta de e-mail de Brinkin.

A "Los Angeles Police Department", que está a trabalhar no caso, rastreou o endereço de IP dos emails que continham as imagens pornográficas, o que lhes levou até ao computador do activista pelos direitos dos homossexuais - que havia pago pelas imagens com o seu cartão de crédito.Aparentemente, a conta de e-mail de Brinkin foi também conectada com um grupo de discussão da empresa Yahoo, onde o tema de conversa é a exploração sexual de rapazinhos e de meninas.
  • Fonte: Ohomossexualismo
Mundo Acabou Hoje, de Acordo com Profecia de Pastor que diz ser Jesus

Miranda diz que vai se tornar imortal

O mundo acabou (30 de junho de 2012), ou deveria ter acabado, porque assim vinha anunciando o portorrinquenho José Luis de Jesús Miranda (foto), líder da Igreja Cresciendo em Graça.

Para a irritação de outros líderes evangélicos, que o chamam de anticristo, Miranda diz ser o próprio Jesus, e que seu corpo, a partir de hoje, ou seja, após o fim do mundo, vai se tornar imortal.Muita gente acredita em Miranda. Tanto que, a partir de sua sede em Miami (EUA), ele abriu templos em 35 países e mantém programas em 287 emissoras de rádio e um canal de TV em língua espanhola.

No Brasil, a Cresciendo tem templos na Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio, Roraima e São Paulo.Ultimamente, Miranda deixou de aparecer em público porque, dizem seus seguidores, o corpo dele está passando por transformação para se tornar imortal. 

Aguarda-se o seu reaparecimento, provavelmente daqui a três dias, para explicar por que a sua profecia falhou. Talvez ele marque nova data para o fim dos tempos, como outros pastores já fizeram.
  • Fonte: Paulopes
Lauryn Hill pode Pegar Três Anos de Prisão por Sonegação de Impostos

A cantora Lauryn Hill confessou à justiça, nesta sexta (29/3), que sonegou impostos entre 2005 e 2007, quando faturou US$ 1,8 milhão com direitos autorais de suas músicas. Segundo o site TMZ e o jornal Daily Mail, ela poderá pegar até três anos de prisão pelo crime federal – um ano para cada taxa não paga – e ser obrigada a pagar uma multa de US$ 75 mil.

Hill, que estava planejando seu retorno musical após um longo hiato, poderá escapar da prisão se pagar os impostos atrasados até novembro, quando ocorrerá uma nova audiência, decisiva. Seu advogado garantiu que ela pagará todas as taxas, conscientemente sonegadas, segundo a própria cantora.

Em sua defesa, Lauryn Hill disse que não pagou os impostos porque tinha outras prioridades, como a segurança, saúde e liberdade dela e de sua família. “Não abandonei deliberadamente meus fãs nem minhas responsabilidades, mas coloquei minha família em primeiro lugar, acima de qualquer preocupação material”, disse.
  • Fonte: Popline
Rihanna deixa Hotel às Pressas após Princípio de Incêndio



A Brigada de Incêndios londrina anunciou através de um comunicado oficial que Rihanna estava entre os 300 hóspedes de um hotel que tiveram que sair às pressas de seus quartos após um princípio de incêndio.

Através do Instagram, Rihanna noticiou o ocorrido aos fãs. "Já na rua às 6 da manhã. Fogo", publicou a cantora junto com a foto abaixo.Apesar da declaração dos bombeiros, representantes do hotel afirmaram que não houve fogo, mas a evacuação foi necessária para manter a segurança dos hóspedes já que havia fumaça na área de serviços. Ninguém se feriu.
  • Fonte: Idem
Grupo Cristão pede Cancelamento dos Shows da Lady Gaga na África do Sul



Após o cancelamento do show da Lady Gaga em Jacarta, na Indonésia, um grupo cristão está pedindo que o mesmo aconteça com as apresentações da “Born This Way Ball Tour” na África do Sul. A informação é da rádio Capital FM.

Os 2 mil manifestantes, que se organizam pelo Facebook, planejam uma reunião para julho com o objetivo de discutir como farão para impedir os shows. Lady Gaga tem apresentações marcadas em Joanesburgo, no dia 30 de novembro, e na Cidade do Cabo, no dia 3 de dezembro.

O grupo já se manifestou antes e conseguiu impedir o agendamento de datas da turnê da Beyoncé no país. A organização se auto-intitula “Cristãos Contra as Turnês de Lady Gaga  e  Beyoncé”
  • Fonte: Idem
OMS Publica Manual sobre as Melhores Maneiras de Matar Bebês em Gestação


A Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou um manual detalhando as maneiras mais eficazes de se matar bebês em gestação, com diferentes métodos em cada estágio do desenvolvimento do feto. O documento é a segunda edição de “Aborto Seguro: orientação técnica e política para sistemas de saúde”, originalmente publicado em 2003. “É uma leitura assustadora”, afirma Scott Fischbath, Diretor Executivo do Minnesota Citizens Concerned for Life (MCCL) (Cidadãos de Minnesota Preocupados com a Vida) em escala global.

“Seguir esses parâmetros irá certamente matar as mulheres e seus bebês, principalmente nos países em desenvolvimento", acrescenta. “Algumas das recomendações, admite a OMS, são baseadas em pouca evidência. Elas são verdadeiramente irresponsáveis e mortais”. Defensores internacionais do aborto celebraram o novo manual da OMS como “um grande avanço”. 

O IPAS, organização fundada com a criação de um dispositivo de sucção utilizado em abortos, elogiou “o respeito da OMS ao papel essencial do acesso ao aborto na saúde da mulher e na sua capacidade de exercer plenamente os seus direitos humanos” evidenciado em um novo documento.

Os parâmetros incluem quatro tópicos principais: estimativas sobre o aborto inseguro pelo mundo, as últimas recomendações clínicas para realizar abortos, recomendações para “ampliar” os serviços, e conselhos sobre formulação de políticas e legislação. A última das quatro áreas não costuma ser encontrada em documentos de recomendações médicas, mas a OMS destaca a aplicação da “base dos direitos humanos” para avançar na legislação e na formulação de políticas pró-aborto; principalmente para mulheres jovens.


Ao longo dos anos, a OMS tem feito um bom trabalho para que milhões de pessoas protegessem, avançassem e melhorassem suas vidas, mas Fischbach afirma que os parâmetros mortais para avançar e promover o aborto levam a organização em uma direção completamente diferente.

“A solução para os abortos ilegais e para as altas taxas de mortalidade infantil é simples: forneçam uma fonte limpa de água, uma fonte limpa de sangue e uma saúde pública adequada”, explica Fischbach. “As estatísticas confirmam que isso salva as vidas das mulheres, não a legalização do aborto”.

Este artigo é: