Pages

FILME O CÓDIGO DA VINCI - SINAL SEGURO QUE O APARECIMENTO DO ANTICRISTO ESTÁ PRÓXIMO

 Filme O Código Da Vinci - Sinal Seguro Que o Aparecimento do Anticristo Está Próximo

O filme arrasa-quarteirão O Código Da Vinci, baseado no livro homônimo de Dan Brown, que alcançou um fenomenal sucesso de vendas, está programado para ser lançado nos cinemas em maio.

O simples fato que a mentira propagada por esse livro/filme está sendo lançada repetidamente de forma tão poderosa é outro "sinal dos tempos" que nos diz que o aparecimento do Anticristo (o Cristo maçônico) está próximo.

  • Veja, o Anticristo não poderá aparecer até que um número significativo de pessoas em todo o mundo acredite na mentira da linhagem sanguínea apresentada poderosamente por esse filme produzido por Hollywood.

A combinação de O Código Da Vinci, de Dan Brown, e esse filme de mesmo nome é um dos mais chocantes eventos nos últimos tempos, pois será um instrumento muitíssimo eficiente para expor para a consciência das pessoas uma mentira crítica que será de importância fundamental para o Anticristo. Além disso, essa mentira ocorre em um tempo quando os eventos parecem estar se movendo em direção a mais globalismo do que nunca antes. Neste tempo tão crítico da história mundial, O Código Da Vinci expôs uma mentira obscura, oculta, de sociedade secreta, que somente podia ser lida em livros de Nova Era. Embora o livro O Santo Graal e a Linhagem Sagrada, de Baigent/Leigh/Lincoln, tenha vendido mais de um milhão de exemplares e programas de televisão tenham sido produzidos sobre esse assunto, todas essas antigas divulgações são pálidas e insignificantes quando comparadas com os quase vinte milhões de exemplares vendidos de O Código Da Vinci.
 Filme O Código Da Vinci - Sinal Seguro Que o Aparecimento do Anticristo Está Próximo
Como fazer as pessoas acreditarem nessa mentira é tão importante para o aparecimento do Anticristo, vamos agora examinar essas mentiras conforme relatadas no livro de Dan Brown. Tudo indica que o filme continuará a ensinar as mentiras do livro; portanto, vamos examinar o livro.

Aqui está uma lista das mentiras contadas em O Código Da Vinci:
  • Jesus casou-se com Maria Madalena e teve um filho com ela. Após a crucificação de Jesus, Maria fugiu com seu filho — dependendo da ajuda de amigos — e foi para o país que hoje é conhecido como França. Posteriormente, esse filho casou-se e passou a integrar a nobreza francesa, de quem brotaram as monarquias da Europa, da Grã-Bretanha e até da Rússia. Para proteger e preservar essa linhagem sanguínea secreta — chamada de Linhagem dos Merovíngios — foi formada uma sociedade secreta chamada Priorado de Sião. Então, quando o Anticristo aparecer, poderá demonstrar sua linhagem merovíngia ininterrupta até Jesus. Como o capítulo do evangelho de Mateus apresenta a genealogia de Jesus Cristo, uma vez que o Anticristo estiver "plugado" em Jesus, terá automaticamente estabelecido que descende do rei Davi! Assim, será "cumprido" um componente crítico para qualquer um que queira convencer as pessoas que ele é o Messias judaico, isto é, que é um descendente direto do rei Davi.

 Filme O Código Da Vinci - Sinal Seguro Que o Aparecimento do Anticristo Está Próximo
Essa sociedade oculta existe hoje e está ativamente protegendo e preservando essas informações críticas.

  • Ao ler o livro de Dan Brown, você precisa afivelar seu cinto de segurança, pois será exposto a uma mistura de verdade e erro, do tipo que provavelmente nunca viu antes. Você também encontrará conceitos religiosos gnósticos e de Nova Era que não conhecia. Em nosso vídeo "Secret Mysteries of America Beginnings" (disponível na seção BookStore do site Cutting Edge), revelamos as principais mentiras gnósticas que fundamentam o Código Da Vinci e vinculamos isso diretamente ao gnosticismo / Cavaleiros Templários inerentes no filme A Lenda do Tesouro Perdido. Neste momento de tempo, não há questão mais importante a compreender que os ensinos gnósticos que estão sendo promovidos por O Código Da Vinci.

  • O livro de Brown é uma engenhosa apresentação psicológica que pretende apresentar todos os lados do assunto, mas faz isso de um modo a deixar a impressão com o leitor que todo o conceito — que Jesus possa ter sido casado com Maria Madalena e produzido um herdeiro que é agora a linhagem sanguínea das monarquias europeias e britânica — possa afinal ser verdadeiro. Essa engenhosa apresentação psicológica é, na realidade, a operação do Princípio Dialético, que chamamos de "Plano das Seis Etapas Para a Mudança do Comportamento". Se você ainda não leu nosso tratado sobre esse método insidioso de silenciosamente mudar a mente, as atitudes e o sistema de valores das pessoas sem que elas tenham a menor noção do que está acontecendo, pedimos que pare agora e leia o artigo N1055.
Na discussão do pintor Leonardo Da Vinci, ficamos sabendo o seguinte:

  • Foi um intelectual poderoso.
  • Acreditava que algum dia o homem poderia voar, e chegou a desenhar como isso seria possível.
  • um estudante de anatomia e deixou alguns desenhos muito detalhados do corpo humano.
 Filme O Código Da Vinci - Sinal Seguro Que o Aparecimento do Anticristo Está Próximo

Da Vinci era um 'Homem da Razão', em um tempo de fervor religioso intenso. [Nota: Você pode ler essas palavras assim: "Perseguição religiosa irracional". Em outras palavras, Da Vinci viveu em um tempo quando a perseguição religiosa por parte da Igreja Católica era desmedida; portanto, ele tinha de esconder cuidadosamente qualquer mensagem que quisesse transmitir em suas obras de arte.

Esse é o tipo de homem que escondia significados mais internos em seus quadros, o tipo de homem que escondia em suas pinturas aquilo que deixava sair de seus cadernos de anotações. Em 1495, Da Vinci começou a pintar A Última Ceia. Em seu livro, Dan Brown diz às pessoas aquilo que devemos ver, isto é, referindo-se ao 'significado oculto' nessa pintura. Ele então aponta para um distinto "V" criado pelo ângulo do corpo de Jesus em um lado e o corpo de 'João' — ou seria o corpo de Maria Madalena? — no lado esquerdo. Brown diz corretamente que, na arte medieval, o 'V' era um símbolo feminino, o símbolo do órgão sexual feminino. 

A tese de Brown é que o 'João' sentado à direita de Jesus deve realmente ser considerado a representação de Maria Madalena. Realmente, quando você olha de perto para as feições, elas parecem ser distintamente femininas. A face é feminina e o cabelo é encaracolado, como o cabelo de uma mulher e muito loiro. Essa pessoa, declara Brown, é Maria Madalena.

Ela está sentada ao lado de Jesus — um lugar privilegiado à mesa.

Portanto, a questão da hora é óbvia — "Se essa pessoa é realmente Maria Madalena, quem deu a Da Vinci esse 'conhecimento secreto' que Maria foi casada com Jesus?

A resposta é uma sociedade secreta. Novamente, vemos o papel que as sociedades secretas tiveram no desenvolvimento das sociedades ocidentais, exatamente como demonstramos no vídeo "Secret Mysteries of America's Beginnings".

A sociedade secreta que passou esse "conhecimento perigoso" de uma geração a outra é em grande parte desconhecida; entretanto, no início dos anos 1960, dossiês secretos foram descobertos no Laboratório Nacional da França, chamados "Dossiers Secrets". Esses antigos documentos fazem várias referências detalhadas a um grupo chamado Priorado de Sião. Essa sociedade secreta ocultista listava os nomes de muitos grão-mestres nos séculos passados, incluindo alguns nomes muito famosos de pintores e 'pensadores' que alcançaram alta reputação e estima na história da Europa ocidental. Alguns desses homens foram:

Sir Isaac Newton
Monticelli
Leonardo Da Vinci — grão-mestre em 1510

A mensagem não dita, mas clara em toda essa relação de nomes — uma prática especialmente forte na Maçonaria — é que, se homens desse calibre foram membros de alto escalão dessa organização, então ela deve ser altamente respeitável. Logicamente, nada poderia estar mais longe da verdade, pois Satanás é o "príncipe deste mundo" e pode perfeitamente colocar seus homens em posições certas de toda sociedade em todas as épocas. Os cristãos com discernimento nunca devem se deixar enganar por esse argumento.

Os críticos fazem três perguntas importantes:

Existe o Priorado de Sião?

Como essa sociedade obteve essas informações? [Nota: O modo como essa frase está redigida implica que existem informações válidas a serem obtidas.].

O que ela tem a ver com as lendas chamadas de "Santo Graal"?

Evangelhos Gnósticos — A Parte Crítica da Mentira

Neste ponto, o livro levanta uma interessante — e falsa — questão: Existem "evangelhos secretos" que permaneceram enterrados durante séculos. Esses evangelhos contêm a informação que Maria Madalena era uma favorita de Jesus e que Ele repetidas vezes a beijava na boca! Uma das idéias interessantes que Brown apresenta é que ela foi casada com Jesus e teve uma criança com Ele. Após a crucificação, ela fugiu de Jerusalém com a ajuda de amigos e viajou de navio para o país que atualmente é conhecido como França. 

Os descendentes dessa criança casaram-se na nobreza francesa e formaram o Priorado de Sião. Embora não existam evidências de uma criança ou de uma linhagem sangüínea em qualquer documento histórico, muitos acham que as evidências possam ser encontradas nas lendas que circularam no oeste da França durante séculos. Uma dessas lendas é a do Santo Graal. Fugindo da perseguição, um barco sem remos aparece na costa da França, levando o "Santo Graal"! Assim, os aderentes da Nova Era acreditam que o "Santo Graal" não era apenas Maria Madalena, mas a própria criança.

Os dois formavam o verdadeiro Santo Graal, a linhagem sangüínea real de Jesus Cristo.

Os eruditos de Nova Era acreditam que o "vaso sagrado" que continha o sangue de Jesus era a própria Maria Madalena! É por essa razão que Leonardo Da Vinci pintou Maria Madalena ao lado de Jesus em seu quadro "A Última Ceia". Ela era o verdadeiro "Santo Graal", pois a criança sagrada que mais tarde se casou com o príncipe merovíngio teria vindo do corpo de Maria. A "Linhagem Sagrada" no título O Santo Graal e a Linhagem Sagrada refere-se à linhagem sangüínea criada quando a filha de Maria casou-se com o príncipe.

Agora, Brown volta a falar da sociedade secreta Priorado de Sião.

A linhagem sangüínea dos merovíngios é rastreada até Jesus e seus descendentes, isto é, Maria Madalena e sua criança. Essa linhagem sangüínea foi ameaçada pela Igreja Católica, de modo que a verdade teve de ser escondida. O Priorado de Sião recebeu a incumbência de proteger as informações sobre essa linhagem sangüínea.

Neste ponto, você pode fazer a pergunta: Por que não podia a verdade ser publicamente contada durante os tempos medievais?

A ortodoxia não permitiria isso; ela não toleraria um Jesus casado. A verdade era perigosa demais para ser dita abertamente, pois a Igreja sempre tinha reagido com violência. Logicamente, a "Igreja" referida aqui não é a genuína igreja cristã, mas a horrenda face inquisitorial da Igreja Católica Romana.

Evangelhos Secretos = Evangelhos Gnósticos

Agora, vamos discutir esses "evangelhos secretos" em maior detalhe, pois todo o Movimento de Nova Era — incluindo Dan Brown — claramente atribuem muita credibilidade a esses relatos totalmente contrários à Bíblia.

Escondidos no Egito durante séculos, esses "evangelhos secretos" foram descobertos em tempos recentes. Eles nos dizem alguma coisa sobre o relacionamento entre Jesus e Maria Madalena? A Bíblia cristã tem grandes omissões na história da vida de Jesus. A Igreja ordenou que todos os 'evangelhos secretos' fossem destruídos e destruiu todas as cópias, exceto uma. Essa única cópia permaneceu escondida no Egito até aproximadamente cinqüenta anos atrás. Os "Pergaminhos Megamantic" descreviam uma história alternativa de Jesus e Maria Madalena. Se a Igreja esforçou-se tanto para esconder e destruir esses "outros evangelhos", assume-se que a história que eles contavam era muito explosiva.

Os nomes de vários 'outros evangelhos' são citados, supostamente todos numa parte dessa cópia descoberta no Egito cinqüenta anos atrás. Os nomes deles são:

Evangelho de Tomé
Evangelho da Verdade
Evangelho de Filipe
Evangelho de Maria Madalena

Esses também são chamados de "evangelhos gnósticos" e tinham conhecimento especial de Jesus. O pergaminho que diz que Jesus beijava afetuosamente Maria Madalena está danificado. O rolo que diz 'Jesus estava beijando Maria Madalena na ______ (buraco no pergaminho). Ele poderia estar beijando qualquer parte do corpo, a mão, o pé, os lábios, você pode preencher com a parte do corpo que quiser. Mas, seja lá o que ele estava beijando, isso deixou os discípulos enciumados.

A implicação que Jesus estava beijando Maria Madalena com intenções sexuais é possível. O Evangelho de Filipe chama Maria Madalena de 'companheira'. Existem pessoas que acreditam nesses evangelhos gnósticos. Além disso, no Evangelho de Maria, Maria Madalena é uma figura muito forte na igreja primitiva.

Quando Pedro pede a Maria Madalena para dizer aos discípulos alguma coisa que o Salvador lhe tenha dito, Maria responde: "Contarei aquilo que ele escondeu de vós.' Ela então conta a Pedro que Jesus apareceu a ela em uma visão [após sua morte] e falou com ela. André faz objeções, dizendo que não acredita nessa história. Pedro intervém e diz, "Certamente, Jesus não amou uma mulher mais do que a nós." Maria chora e diz, 'Pedro, acreditas que inventei tudo isto?"

Como Maria Madalena caiu em desfavor? Maria foi uma vítima de uma luta de poder entre homens e mulheres na igreja primitiva. À medida que a igreja tornou-se dominada pelos homens — hierarquia masculina — Maria Madalena representava uma ameaça a essa liderança masculina. A hierarquia dominada pelos homens estava ameaçada. Quão diferente seria nossa percepção de Jesus se ele tivesse uma esposa. (Nota: Soa e parece muito piedoso aqui.) Se Jesus tivesse mulher e filhos, a Igreja teria tido uma atitude muito diferente em relação ao sexo. Entre os anos 100 e 150, as mulheres estavam marginalizadas e silenciadas nas igrejas; provavelmente foi por essa época que começou a circular a história que Maria fora uma prostituta. Afinal, os livros de história são escritos pelos vencedores.
 Filme O Código Da Vinci - Sinal Seguro Que o Aparecimento do Anticristo Está Próximo

Em uma entrevista recente, Dan Brown foi questionado:

Você acha que seu livro tocou em um nervo? A resposta dele:

"Os mistérios da espiritualidade, das origens das nossas religiões, são tópicos que ressoam em um nível muito profundo, no âmago da psiquê humana. Independente se você concorda ou não, os tópicos estão agora sobre a mesa e estamos falando sobre eles, tópicos que durante séculos foram tabus."

Maria é apresentada nesses "evangelhos gnósticos" de um modo muito forte. Você começa a falar somente de Maria Madalena, Jesus, e sexo, e perde o ponto mais importante que, vinte séculos atrás, tivemos um grande líder religioso chamado Jesus de Nazaré, que derrubou as barreiras dos viéses culturais, que tinha mulheres entre seus discípulos e amigos mais íntimos; essas mulheres não apenas preparavam o chá e varriam a casa após os homens saírem. Em muitos aspectos, Maria Madalena era uma apóstola, uma companheira, uma porta-voz de Jesus e do seu evangelho, como qualquer um dos homens.

Assim, O Código Da Vinci reescreve a história, substituindo-a pelo evangelho gnóstico humanista que glorifica a deusa, Maria Madalena. É feito um esforço de convencer as pessoas que Jesus não morreu de verdade, mas saiu da tumba, foi até a aldeia, casou-se com Maria Madalena, teve filhos com ela, e que Maria finalmente fugiu para a França, onde deu à luz uma menina que mais tarde casou-se com um príncipe merovíngio.

Como toda a nobreza da Europa, da Europa oriental e da Grã-Bretanha pode rastrear sua linhagem sangüínea até os reis merovíngios, qualquer um deles pode rastrear sua genealogia até Jesus se puder se conectar à filha de Maria Madalena.

O Gnosticismo — Uma Doutrina Satânica Renascida
O Gnosticismo de Acordo com a Doutrina Satânica

"A palavra gnóstico significa sabedoria, ou conhecimento, e é derivada do grego gnosis. Os membros da ordem afirmavam estarem familiarizados com as doutrinas secretas do cristianismo primitivo. Eles interpretavam os mistérios cristãos de acordo com o simbolismo pagão. As informações secretas e os dogmas filosóficos deles eram escondidos dos profanos e ensinados a um pequeno grupo de pessoas especialmente iniciadas." [The Secret Teachings of All The Ages, de Manly P. Hall, maçom do Grau 33, The Philosophical Research Society, 1988, pág. XXV, ênfase no original].

Jesus ensinava abertamente todos os princípios do reino de Deus. Veja como Ele explicou:

"Jesus lhe respondeu: Eu falei abertamente ao mundo; eu sempre ensinei na sinagoga e no templo, onde os judeus sempre se ajuntam, e nada disse em oculto." [João 18:20].

Em outras passagens, a Bíblia declara que o reino é dado gratuitamente.

"Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?"

 [Romanos 8:32].

"Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus."

 [1 Coríntios 2:12].

Entretanto, o reino de Satanás não é dado gratuitamente, ou livremente; em vez disso, as doutrinas secretas que formam o reino do diabo são sempre escondidas do público e transmitidas somente a alguns poucos. Por essa razão, essas doutrinas malignas sempre tiveram grande apelo para a natureza inerentemente esnobe dos homens orgulhosos. Como a maioria dos líderes naturais tem muito orgulho de si mesmo, isso apela ao seu orgulho — isto é, a promessa que eles conhecerão coisas que estarão ocultas dos "profanos" — as pessoas comuns — tem conseguido atrair homens não redimidos para as sociedades secretas em todas as épocas nos últimos 4.000 anos.

Aqui, o autor maçom Manly P. Hall, acaba de dizer que o gnosticismo "escondia dos profanos e ensinava para um pequeno grupo de pessoas especialmente iniciadas". Esse fato torna o gnosticismo uma sociedade secreta, antes mesmo que você chegue às suas doutrinas blasfemas!

Observe também que os gnósticos afirmavam conhecer "doutrinas secretas" do cristianismo, isto é, uma "religião de mistérios". Satanás sempre atrai os não-salvos com promessas que o cristianismo contém "doutrinas secretas", pois esse é seu modo de contornar a firme verdade da Bíblia! Exatamente como Satanás sussurrou nos ouvidos de Eva, "É assim que Deus disse?", do mesmo modo sussurra nos ouvidos dos membros das sociedades secretas: "Deus realmente não disse"! Ou, dizendo aos poucos eleitos: "Estas são doutrinas ocultas das massas, que Deus sabia que não poderia revelar ao povo comum".

Assim, o ocultismo tem "doutrinas secretas" "evangelhos gnósticos", e os "Anos Secretos de Jesus Cristo", todos dados de modo a contornar os verdadeiros ensinos da Bíblia Sagrada.

Finalmente, observe que os gnósticos interpretavam as verdadeiras Escrituras "de acordo com o simbolismo pagão". Em outras palavras, eles reinterpretavam as doutrinas cristãs fundamentais de acordo com as crenças e doutrinas satânicas, uma prática maliciosa chamada sincretismo. Portanto, o simbolismo deles refletia essas crenças pagãs. Deus proíbe expressamente a mistura de Sua verdade com a mentira de Satanás! Essa prática é chamada de "fermento", isto é, falsa doutrina. Veja o que o apóstolo Paulo disse sobre o fermento:

"Um pouco de fermento leveda toda a massa." 

[Gálatas 5:9].

Paulo lutou firmemente contra a heresia gnóstica em suas epístolas, pois percebia que a doutrina deles perverteria todo o conceito de fé e enganaria toda a igreja. Você verá um bom exemplo dessa realidade em nossa discussão aqui. Sem a doutrina gnóstica chamada Linhagem Sangüínea dos Merovíngios, o Anticristo não poderia surgir, o que demonstra o quão importante o gnosticismo foi e ainda é para Satanás.

Agora, vamos voltar para o maçom de Grau 33 Manly P. Hall para obtermos mais informações sobre o gnosticismo.

"Simão Mago, o mago famoso no Novo Testamento, é freqüentemente considerado o fundador do gnosticismo..."

 [Ibidem].

Agora, esta é uma notícia quente! Simão Mago foi o fundador do gnosticismo! Encontramos Simão Mago quando ele entra em conflito com os apóstolos Pedro e João. Na verdade, Simão era um bruxo, um satanista praticante, e quando viu os apóstolos realizando milagres que ele não podia realizar, assumiu que operavam aqueles milagres exercendo um grau de ocultismo mais elevado do que ele conhecia; esse foi o mesmo erro que os fariseus cometeram quando viram Jesus operando Seus milagres e assumiram que Ele estava recebendo poder diretamente de Belzebu, um dos príncipes do reino de Lúcifer. 

[Marcos 3:22; Lucas 11:15-19; Mateus 12:24-27] Jesus condenou essa idéia de forma tão enfática que criou uma nova categoria de pecado, o pecado imperdoável! Mas, esse fato de os fariseus chegarem a essa conclusão demonstra a realidade que eles eram membros de uma sociedade secreta. Após Simão crer e ser batizado [Atos 8:9-13], ele ofereceu dinheiro para comprar o conhecimento oculto pelos quais os apóstolos realizavam os milagres, ao que Pedro respondeu energicamente:

"Mas disse-lhe Pedro: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois cuidaste que o dom de Deus se alcança por dinheiro. Tu não tens parte nem sorte nesta palavra, porque o teu coração não é reto diante de Deus." 

[Atos 8:20-21].

Portanto, embora Simão tivesse "crido" e sido batizado, seu coração não era íntegro diante de Deus. Muitos eruditos bíblicos acreditam que o arrependimento e profissão de fé de Simão não foram genuínos, mas foram feitos somente para que ele pudesse se aproximar dos apóstolos e aprender a origem do poder secreto deles. A tradição diz que Simão retornou aos seus caminhos antigos após deixar de obter a fonte do poder dos apóstolos. Veja:

"Por mais favoravelmente que este ou aquele outro erudito possam falar de Simão, assume-se em geral que ele foi de mal para pior, opondo-se aos apóstolos e à doutrina cristã, e enganando muitas cidades e províncias com a operação de suas mágicas."

 Comentário de Adam Clarke.

Essa afirmação deve estar correta, pois aqui vemos o autor maçom de maior autoridade no século XX, Manly P. Hall, dizer que Simão Mago foi o fundador da sociedade secreta conhecida como gnosticismo.

Agora, vamos examinar alguns dos dogmas do gnosticismo para que você possa avaliar o modo terrível como ele tenta corromper a fé simples e preciosa que temos em Cristo Jesus nosso Senhor. Você verá que influência terrível um homem pode ter quando entrega-se ao poder do Maligno, pois Simão Mago desenvolveu uma falsificação muito engenhosa do cristianismo, criando doutrinas que permitirão a ascensão do Anticristo. Verdadeiramente, alguns homens continuam exercendo um grande poder mesmo depois de mortos!

Doutrinas Gnósticas

 Filme O Código Da Vinci - Sinal Seguro Que o Aparecimento do Anticristo Está Próximo

Vamos examinar as doutrinas gnósticas para que você possa ver quão perniciosas e anticristãs elas realmente são. Mais uma vez, vamos recorrer a Manly P. Hall:

"Os gnósticos estavam divididos em suas opiniões com relação ao Demiurgo, o criador dos mundos inferiores... Um grupo de gnósticos era da opinião que o Demiurgo era a causa de toda a miséria e uma criatura má... Alguns gnósticos eram da opinião que o Deus judaico, Jeová, era o Demiurgo. Esse conceito, sob um nome ligeiramente diferente, aparentemente influenciou a Sociedade Rosa-cruz medieval, que via Jeová com o Senhor do universo material em vez de como a Deidade Suprema..." [The Secret Teachings of All The Ages, Manly P. Hall, maçom do Grau 33, The Philosophic Research Society, 1988, ênfase no original].

Você pode imaginar a blasfêmia inerente nessa doutrina? Nessa crença, os gnósticos cumprem a profecia bíblica, crenças que o Anticristo apresentará ao mundo. Eles colocam o Deus Todo-Poderoso — Jeová Deus — na categoria de um deus inferior que apenas criou os "mundos inferiores". O que diz a profecia acerca do Anticristo?

"E este rei fará conforme a sua vontade, e levantar-se-á, e engrandecer-se-á sobre todo deus; e contra o Deus dos deuses falará coisas espantosas, e será próspero, até que a ira se complete; porque aquilo que está determinado será feito." 

[Daniel 11:36].

Logicamente, os maçons ensinam essa mesmíssima coisa sobre Jesus, exceto que vão um passo adiante para dizer que um deus inferior criou Jesus! Veja o que escreveu Albert Pike:

"Comunicando movimento ao caos, ela (a Mãe dos Viventes) produziu Ialdabaoth, o Demiurgo, o Agente da Criação Material... Ialdabaoth, para tornar-se independente de sua mãe, e para passar-se pelo Ser Supremo, criou o mundo e o homem, à sua própria imagem... a imagem de Ialdabaoth refletiu sobre a matéria, tornou-se a Serpente-Espírito, Satanás, a Inteligência do Mal. Eva, criada por Ialdabaoth..." [Morals and Dogma, Albert Pike, Ensinos Para o Vigésimo Sexto Grau, Príncipe de Misericórdia", pág. 563.].

Mais uma vez, vemos um exemplo em que a Maçonaria prova-se idêntica a todos os mistérios satânicos, exatamente como disse Pike (pág. 624, Vigésimo Oitavo Grau). Eles ensinam a doutrina do Demiurgo, e ensinam outras "coisas espantosas" sobre Deus."

Além disso, Pike prossegue e elogia os "cristãos gnósticos".

Após abordar as crenças específicas de vários grupos "cristãos gnósticos", Pike declara a crença comum deles: "... não há dúvida que todas as seitas gnósticas tinham mistérios e uma iniciação. Todas afirmavam ter uma doutrina secreta, recebida diretamente de Jesus Cristo, diferente das doutrinas dos evangelhos e das epístolas, e superior a essas comunicações, que aos seus olhos, eram meramente exotéricas. Essa doutrina secreta não era comunicada a qualquer um... no máximo uma pessoa em cada grupo de mil a conhecia."

 [Ibidem, pág. 542].

Agora, vamos retornar a Manly P. Hall para vermos mais algumas "coisas espantosas" em que os gnósticos acreditavam. Prepare-se para um choque:

"Para os gnósticos, o Cristo era a personificação do Nous, a Mente Divina, e emanava dos éons espirituais mais elevados. Ele desceu sobre o corpo de Jesus na ocasião do batismo e o deixou novamente antes da crucificação. Os gnósticos declaravam que o Cristo não foi crucificado, pois esse Nous Divino não poderia sofrer a morte, mas que Simão, o cirineu, ofereceu sua vida em substituição e que o Nous, por meio de seu poder, fez Simão assumir a mesma aparência de Jesus."

 [Hall, op. cit., pág. XXVI]
.
Esse ensino é definitivamente anticristão, pois separa o corpo físico de Jesus de Seu espírito, aqui chamado de "espírito da Consciência do Cristo". Retornando a Albert Pike, vemos que a Maçonaria ensina a mesmíssima doutrina. Jesus, o homem, de acordo com esse "fermento", não soube que era o Messias até Seu batismo. Quando a pomba desceu do céu, isso foi um símbolo que a "Consciência Crística" tinha vindo sobre Ele, e Ele soube que era o Messias judaico. Entretanto, esse espírito da "Consciência Crística" o deixou antes da crucificação. Novamente, esse é um ensino do Anticristo. Veja:

"E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que já está no mundo." 

[1 João 4:3].

Agora você sabe que o gnosticismo é claramente o "espírito" e uma doutrina do Anticristo. Tenha isso em mente ao contemplar o fato que o livro e o filme O Código Da Vinci citam os "evangelhos gnósticos" em seu desejo de autenticar a genealogia da linhagem sangüínea dos merovíngios, o que permitirá a ascensão do Anticristo.

Destarte, você pode ver a importância desse livro de Dan Brown e do filme de mesmo nome, O Código Da Vinci. Aos bilhões, as pessoas terão de acreditar nessa mentira para que o Anticristo possa aparecer e enganar a muitos, na verdade o mundo inteiro.

Estamos na iminência do aparecimento do Homem do Pecado.

Este artigo é: