Pages

EU TENHO FÉ, MAS AINDA NÃO RECEBI A MINHA BÊNÇÃO

Uma das coisas que Jesus mais enfatizou em Seu ministério foi a fé, que é o que move a dispensação da Graça. Este é um assunto muito amplo, por isso falarei aqui especificamente em relação à fé para se alcançar algo de Deus.

Para começar, vamos ler o que diz Marcos 11:24
Por isso vos digo que tudo o que pedires, orando, crede que o recebereis, e tê-lo-eis.
Esta passagem é muito usada para falar de fé, pois realmente trata do assunto de forma muito clara. Porém, há alguns detalhes que às vezes passam despercebidos.
Para receber algo de Deus não basta simplesmente crer em Deus, ou na Trindade; não basta crer que Jesus Cristo é o Filho de Deus que veio ao mundo em carne; também não basta acreditar que Ele tem poder sobre tudo. Está confuso? Vejamos dois (de muitos) exemplos da Bíblia:
Na história do centurião romano de Cafarnaum (Lc 7:1-10), vemos o próprio Jesus declarar que jamais havia visto tamanha fé em Israel. Por quê? Porque o centurião creu que Jesus nem precisaria entrar em sua casa para tocar no homem, mas bastava apenas que Ele dissesse uma única palavra que o seu servo seria curado (v. 7).
A mulher do fluxo de sangue, em Marcos 5: 21-34, creu não somente em Jesus, mas creu que se ela tocasse nas vestes Dele, seria curada daquela enfermidade que a atormentava há 12 anos.
Desta forma, para alcançarmos uma bênção, nossa fé deve ser direcionada da seguinte forma: o trecho de Marcos diz: CREDES QUE O RECEBEREIS, E TÊ-LO-EIS. Portanto, teremos o que pedimos quando CRERMOS que RECEBEREMOS antes de acontecer.
Voltemos um pouco na base, na definição de fé que a própria Bíblia nos dá:
“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veem” (Hb 11:1).
Colocando este versículo ao lado do versículo base deste texto, vemos como os dois dizem a mesma coisa: CRER QUE SE TERÁ O QUE SE PEDE NO MOMENTO DA ORAÇÃO, ANTES DE TÊ-LO ALCANÇADO.
Entretanto, não vamos confundir fé com puro otimismo. Muito menos com o uso de amuletos. Nossa fé deve estar relacionada ao dono da bênção, Jesus Cristo. Tudo que pedirmos, tudo que desejarmos deve estar de acordo com a Palavra de Deus e com o Senhor. Deus não está disposto a nos dar algo simplesmente para satisfazer a nossa vontade. Mas tudo o que Ele faz é para glorificar o Seu próprio nome.

Este artigo é: