Pages

FALSOS ENSINOS A RESPEITO DE JESUS – MÓRMONS

Falsos ensinos a respeito de Jesus – Mórmons

Em Gálatas 1:8 está escrito: “Mas, se alguém, mesmo que sejamos nós ou um anjo do céu, anunciar a vocês um evangelho diferente daquele que temos anunciado, que seja amaldiçoado”
(Bíblia NTLH). Neste estudo, irei tratar sobre as crenças dos mórmons a respeito do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. 
Como vocês poderão ver adiante, as doutrinas mórmons não condizem com as Sagradas Escrituras e constituem grandes absurdos teológicos. Tudo que os mórmons ensinam sobre o Senhor Jesus constitui um evangelho totalmente diferente daquele que temos em nossas Bíblias.
Em primeiro lugar, vale salientar que os mórmons adotam como regra de fé e prática, um livro chamado “Livro de Mórmon”, além da Bíblia, é claro. E é exatamente aí que está o problema: os mórmons crêem que o “Livro de Mórmon” é a Palavra de Deus, do mesmo modo que a Bíblia Sagrada. Eis o que eles dizem a respeito disto: “Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus até onde for traduzida corretamente: cremos que o Livro de Mórmon também é a Palavra de Deus” (Declaração de Fé, artigo n° 8).
Tudo isto é um absurdo. Somente a Bíblia Sagrada é a verdadeira Palavra de Deus. Inclusive, a própria Bíblia nos adverte que nada pode ser tirado ou ACRESCENTADO às Sagradas Escrituras, como podemos ver em Apocalipse 22:18,19 que diz: Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro: 
Se alguém LHES ACRESCENTAR ALGUMA COISA, DEUS LHES ACRESCENTARÁ AS PRAGAS QUE ESTÃO ESCRITAS NESTE LIVRO; E SE ALGUÉM TIRAR QUALQUER COISA DAS PALAVRAS DO LIVRO DESTA PROFECIA, DEUS LHE TIRARÁ A SUA PARTE DA ÁRVORE DA VIDA, E DA CIDADE SANTA, QUE ESTÃO DESCRITAS NESTE LIVRO”. Como podemos ver, a Bíblia já está completa e não há necessidade de se acrescentar informação alguma à Palavra de Deus. 
A Bíblia NÃO precisa ser complementada por nenhum outro livro religioso, nem mesmo pelo Livro de Mórmon. Em resumo: o Livro de Mórmon é um “lixo teológico” que não tem e nunca terá o mesmo valor das Escrituras Sagradas (a Bíblia).
Falando em “lixo teológico”, olha o que os mórmons ensinam sobre salvação:
•“Nenhum homem que rejeita o testemunho de Joseph Smith pode entrar no reino de Deus” (Doutrinas da Salvação, Vol. I, p. 190).
Isto também é um grande absurdo, pois, o único que nos conduz a vida eterna é Jesus. NÃO NECESSITAMOS DE NINGUÉM ALÉM DE JESUS PARA SERMOS SALVOS. QUEM NOS DÁ VIDA ETERNA É JESUS E NÃO UM PECADOR CHEIO DE FALHAS, COMO FOI O CASO DE JOSEPH SMITH (FUNDADOR DO MORMONISMO). JESUS É O ÚNICO CAMINHO E NÃO HÁ OUTRO; É ISTO QUE A BÍBLIA NOS ENSINA, COMO PODEMOS VER ABAIXO:
Em João 14:6 está escrito: Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o Caminho, e a Verdade, e a Vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
Em Atos 4:12 está escrito: E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos. Prestaram atenção neste versículo? Esta passagem diz o seguinte: SALVAÇÃO SÓ EM JESUS.
Tem mais: os mórmons dizem que a salvação vem pelas obras. Vejamos o que a Bíblia diz a respeito disto:
Em Efésios 2:8,9 está escrito: porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; NÃO VEM DAS OBRAS para que ninguém se glorie.
Em Tito 3:5 está escrito: NÃO EM VIRTUDE DE OBRAS DE JUSTIÇA QUE NÓS HOUVÉSSEMOS FEITO, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo.
Como pudemos ver nestes dois versículos acima, a Bíblia é enfática em dizer que a salvação é por meio da fé em Jesus Cristo e não através de boas obras, como ensinam os mórmons.
E no que diz respeito a Jesus, o que crêem os mórmons?
•Para os mórmons, Jesus e Lúcifer (o diabo) são irmãos, senão vejamos:
“Lúcifer, o filho da alva, é nosso irmão mais velho e o irmão de Jesus Cristo” (Doutrina Mórmon).
Mas que absurdo sem tamanho é este. Jesus é Deus, o Criador do universo; já Satanás é apenas uma criatura. De forma nenhuma Satanás poderia ser irmão de Jesus. Jesus é o Todo-Poderoso Deus, Salvador da humanidade. Já Satanás é um derrotado que futuramente será lançado no lago que arde com fogo e enxofre e lá ficará por toda a eternidade, como podemos ver em Apocalipse 20:10 que diz: E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde estão a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados pelos séculos dos séculos.
Os mórmons ensinam que Deus Pai teve relações sexuais com Maria para que pudesse gerar fisicamente Jesus. Olhem o que os mórmons dizem a respeito disto:
“Quando a virgem Maria concebeu o menino Jesus, o Pai o havia gerado à sua semelhança. Ele não foi gerado pelo Espírito Santo…Jesus, o nosso irmão mais velho, foi gerado na carne pelo mesmo indivíduo que se achava no jardim do Éden e que é o nosso Pai Celestial” (Revista de Discursos, Vol. I, PP. 50 e 51 e Princípios do Evangelho, PP. 9,15, 16, 54, 57).
Mas que grande absurdo. Jesus não foi gerado por meio de uma relação sexual. Quem gerou Jesus, no ventre de Maria, FOI O ESPÍRITO SANTO, conforme o que está em Mateus 1:18, que diz: Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, ANTES DE SE AJUNTAREM, ela se achou ter concebido do Espírito Santo.
Mais claro do que isto é impossível, não é mesmo?
Para terminar, eu gostaria de dizer o seguinte; eu não tenho nada contra os nossos irmãos mórmons. Todos os adeptos do mormonismo são vidas valiosas aos olhos de Deus e devem ser tratados com todo o respeito. No entanto, respeitar não significa concordar. Eu fiz este estudo com o intuito único de demonstrar o quão absurdas são as crenças dos mórmons a respeito de Jesus. Espero que vocês tenham gostado deste texto e até o próximo estudo, se Deus assim quiser.

Este artigo é: