Pages

O REI DA ASSÍRIA - REVELAÇÕES DE UM PRINCÍPADO PARTE 2

Pesquisamos na palavra de Deus alguns nomes de homens usados por este principado do rei da Assíria através da historia:
Pul, Tiglate, Senaqueribe, Esar-Hadom, Salmanezer, Sargon, cada um destes homens figuraram na história biblica da humanidade como reis da Assíria através dos séculos.

Podemos observar a mesma personalidade maligna influenciando a cada um deles. Pul, invadiu a Israel no reinado de Manaem... 
(2RS 15:19) "Então veio Pul, rei da Assíria, contra a terra; e Menaém deu a Pul mil talentos de prata, para que este o ajudasse a firmar o reino na sua mão."

Nos dias de Peca, Tiglate-Pileser levou cativos para Assíria, os habitantes de Ijom, Abel-Bete-Maaca, Janoa, Quedes, Hazor, Gileade, Galiléia e Naftali... 

(2RS 15:29) "Nos dias de Peca, rei de Israel, veio Tiglate-Pileser, rei da Assíria, e tomou a Ijom, a Abel-Bete-Maaca, a Janoa, e a Quedes, a Hazor, a Gileade, e a Galiléia, e a toda a terra de Naftali, e os levou à Assíria."



Sargon era um general que usurpou o trono quando morreu Salmanezer IV. Salmanezer IV subjugou a Oséias rei de Israel, e levou cativo o povo para Assíria.

(2RS 17:6) "No ano nono de Oséias, o rei da Assíria tomou a Samaria, e levou Israel cativo para a Assíria; e fê-los habitar em Hala e em Habor junto ao rio de Gozã, e nas cidades dos medos,"

Senaqueribe, sucedeu a seu pai Sargom, invadiu a Judá no reinado de Ezequias...

(2RS 18:13) "Porém no ano décimo quarto do rei Ezequias subiu Senaqueribe, rei da Assíria, contra todas as cidades fortificadas de Judá, e as tomou."

Senaqueribe foi assassinado por seus dois filhos, Adrameleque e Sarezer dentro do templo de seu deus pagão nisroque enquanto o adorava, Esar-Hadom seu filho reinou em seu lugar.

(2RS 19:36) "Então Senaqueribe, rei da Assíria, partiu, e se foi, e voltou e ficou em Nínive."
(2RS 19:37) "E sucedeu que, estando ele prostrado na casa de Nisroque, seu deus, Adrameleque e Sarezer, seus filhos, o feriram à espada; porém eles escaparam para a terra de Ararate; e Esar-Hadom, seu filho, reinou em seu lugar."

Estes são alguns homens que passaram pelo trono da Assíria durante os tempos registrados pela bíblia, e todos eles subjugaram a Israel no decorrer da história. Todos eles são representações no mundo físico deste principado maligno. Poderíamos até dizer que a vida deles e o modo que eles agiam, serviram de atos proféticos para dar a legalidade para este demônio agir contra a vida das pessoas por ele aprisionadas.Por isso as suas atitudes e o comportamento deles nos revelam a forma que o principado maligno age.

Na seqüência deste estudo não quero me referir a este principado maligno, chamando-o de principado ou rei, pois se chamá-lo assim temo estar dando-lhe alguma honra, e ele certamente não tem nenhuma.

Orei e pedi ao Senhor Espírito Santo, que me orientasse como deveria me referir a este tal de Assíria. O Senhor me levou a Apocalipse 20:10 onde relata a derrota de satanás, então entendi que deveria me referir a ele simplesmente como derrotado, e é assim que vou me referir a ele nas paginas que se seguem, profetizando a sua total derrota, a cada vez que precisar mencionar o seu nome.

Começaremos estudando o seu perfil:

Um Assíria é multi-faces. Ele pode assumir a imagem que viu, em uma foto, uma escultura, ou outras, para enganar as pessoas.

Ele é um mercenário, aceita dinheiro, riquezas, prata, ouro e todo tipo de oferendas para se unir a um para atacar o outro...

(2RS 16:7) "E Acaz enviou mensageiros a Tiglate-Pileser, rei da Assíria, dizendo: Eu sou teu servo e teu filho; sobe, e livra-me das mãos do rei da Síria, e das mãos do rei de Israel, que se levantam contra mim."

(2RS 16:8) "E tomou Acaz a prata e o ouro que se achou na casa do SENHOR, e nos tesouros da casa do rei, e mandou um presente ao rei da Assíria."

(2RS 16:9) "E o rei da Assíria lhe deu ouvidos; pois o rei da Assíria subiu contra Damasco, e tomou-a e levou cativo o povo para Quir, e matou a Rezim."

O Senhor me disse que quando um governo deseja fazer uma aliança com as trevas quem se apresenta para firmar esta aliança é o derrotado. Ele é quem age corrompendo os governos de cidades, estados e nações. Ele domina e subjuga lançando desejo incontrolável de galgar altos postos, controlar e manipular pessoas e situações, possuir riquezas, poder e fama.

CONTINUA......

Este artigo é: