Pages

O REI DA ASSÍRIA - REVELAÇÕES DE UM PRINCÍPADO PARTE 1

Assíria nos tempos bíblicos era um império grande e poderoso no território do alto Tigre. Sua capital era Nínive. Adquiriu o nome de Assíria devido a cidade de Assur, cujas ruínas se encontram nas margens do Tigre, cento e onze quilômetros abaixo de Nínive.

A cidade de Assur recebeu o nome muito provavelmente de Assur, filho de Cem, neto de Noé , a quem a idolatria tinha elevado a posição de um deus.

Assíria era a terra do deus Assur. Perceba que desde a sua fundação, sempre foi uma cidade extremamente idólatra e pagã. Este povo partilhava em alto grau da civilização de Babilônia, de onde havia emigrado. Os babilônicos eram agricultores, mas os assírios eram um povo guerreiro e comercial, simples em seus costumes, mas como guerreiros e conquistadores de cidades, eram ferozes e cruéis, muitas vezes esfolavam vivos os sobreviventes que não serviriam como escravos, para utilizar o couro sem furo para cobrir as suas colheitas ou suas torres. Outras, empalavam e queimavam vivos os habitantes das cidades conquistadas. Empalar segundo o dicionário Aurélio significa: Suplício que consistia em espetar o condenado em uma estaca, pelo ânus, deixando-o assim até morrer. 
Os Assírios sempre foram um povo de receio e de horror para o povo de Israel, e para os povos da sua época. Observe este recado do rei assírio Assurbanipal, desenterrado por arqueólogos em Calah, junto a Nínive:
 

...Esfolei todos os seus maiorais... revesti as torres com suas peles, alguns emparedei dentro da torre, outros empalei em estacas... cortei os membros... queimei no fogo... cortei cabeça, dedos, nariz, orelhas, arranquei olhos..."

O principado rei da Assíria se apresenta como um grande conquistador de cidades e nações. Vamos estudar alguns aspectos do perfil de sua personalidade fria, feroz, cruel e sanguinária.
Ele age com a força, o entendimento a sabedoria. Tem arrogância e altivez em seus olhos, remove os limites, rouba os tesouros, faz cativo os reis, subjuga as pessoas, as trata como bonecos, palhaços, ou fantoches, no seu teatrinho. Assim também se comportam as pessoas que andam com os Assírias. 

Os psicopatas são manipulados por ele. Observam suas vítimas e fazem delas o que a sua fantasia pedir. Brincar com a vida das pessoas num jogo de sensualidade, perversão, mentira e ilusão, tem sido rotina na televisão, com programas como big brother e outros jogos de pressões psicológicas. Todos estes programas tem a influencia pessoal dele. O Assíria é atraído por mentiras e fantasias. A mentira de uma vida dupla, segredos ocultos, isso causa distúrbios mentais como paranóias, psicoses, e loucura. 

CONTINUA....

Este artigo é: